domingo, 10 de fevereiro de 2008

Tornados - O que são?

furacão

Acontecem quando o ar está em movimentos circulares, fortes e rápidos. Esses movimentos são formados por correntes de ar quente e frio que se encontram, criando uma área giratória de pressão. A colisão do ar quente com o frio forma um funil. Furacões ou tufões são mais fortes e dependem do lugar em que se formam (na maioria das vezes, os oceanos Atlântico ou Pacífico). São os tipos mais destruidores.

Os tornados são localizados, ou seja, existem em lugares específicos. Um tornado alcança velocidades maiores do que 75km/h. Deve estar em contato com o chão e com a nuvem de chuva em cima dele. Imaginou a altura? tornado Apesar de não existir uma freqüência definida, alguns cientistas acreditam que a tendência é aumentar o número de tornados, ciclones e furacões pelo mundo. Há poucas semanas, um tornado em Criciúma (Santa Catarina) durou mais de sete minutos e destruiu casas e ruas. Quem pensava que no nosso País não existiam fenômenos assim estava enganado! No começo de 2004, também ocorreram ventos fortes no litoral de Santa Catarina. Todos esses ventos no Brasil foram classificados como tornados, pois atingiram velocidades altas e a destruição foi grande.

Dizer quando um tornado ou furacão vai acontecer é quase impossível, e por isso a destruição é tão grande. As pessoas não conseguem se proteger a tempo.

Alguns sinais

  • Nuvens fortes e pouco giratórias;
  • Pó ou coisas pesadas girando no chão, enquanto no céu aparece uma nuvem de chuva;
  • Mudanças bruscas na direção dos ventos;
  • Chuva de granizo;
  • Trovões e relâmpagos com ventos fortes.

Classificação dos ventos

Os ventos fortes e destruidores são classificados quanto à sua velocidade e força:

  • F1 - Intensidade baixa -velocidade de 115 a 152Km/h;
  • F2 - Intensidade suave, não tão baixa - velocidade de 153km/h a 176km/h;
  • F3 - Intensidade forte - velocidade de 177km/h a 208km/h;
  • F4 - Intensidade extrema - os ventos atingem velocidades altíssimas, podendo chegar a até 250km/h;
  • F5 - Intensidade destruidora - eles ultrapassam 250km/h. Estes são os piores, com conseqüências irreparáveis.

Seja amigo da natureza!

Tomara que você tenha se divertido e aprendido bastante! Viu como a natureza pode nos surpreender? Então, vamos cuidar muito bem dela, para que nada de tão ruim aconteça. Faça a sua parte, que já será um ótimo começo!

Postar um comentário

Últimas dos Blogs