sábado, 10 de abril de 2010

Massa de ar frio marca domingo de Páscoa de 2010

O domingo de Páscoa começou frio em parte do Rio Grande do Sul. As marcas mais expressivas se deram no Sul e no Sudoeste gaúcho, onde o ar mais seco trouxe diminuição da nebulosidade na madrugada e favoreceu uma queda maior da temperatura. As mínimas foram 9,8ºC em Santana do Livramento; 10,7ºC em Quaraí; 11,3ºC em Bagé; 11,7ºC em Santa Vitória do Palmar; 11,8ºC em Jaguarão; e 12,8ºC em Uruguaiana. Na maior parte da Grande Porto Alegre, onde a mínima ocorrerá no final do dia; a temperatura ficou ao redor de 20ºC.
O domingo de Páscoa tem muitas tradições e uma com grande freqüência comentada a cada ano por muita gente é que a data costuma se dar com frio, como está ocorrendo neste ano no Sul do Estado, mas não é a regra. Por não ocorrer em data fixa, a Páscoa pode cair tanto no final de março, perto do verão, quanto no fim de abril, período intermediário do outono e mais frio. Assim, diferentemente do Natal que é quente, a Páscoa não está ligada a calor ou frio ao ocorrer em estação de transição. Em tese, quanto mais tarde cair maior é a chance de ser fria.
Levantamento das mínimas nos últimos 25 anos na Grande Porto Alegre em domingos de Páscoa, realizado com o apoio do geógrafo Nilson Wolff, de Campo Bom, contudo, revela algumas curiosidades. A Páscoa mais fria foi a de 1988 que caiu logo no início de abril, no dia 3. Já a maior mínima, de 20,5ºC, ocorreu tanto em 1991 como em 2008. Nos dois casos, a Páscoa foi no fim de março. Neste último quarto de século, na área metropolitana, os domingos de Páscoa mais frios (1988, 2000 e 2009) e os três únicos que tiveram mínimas de um dígito, foram todos em anos de forte La Niña e que depois viriam a ter inverno rigoroso. Não é possível prever o tempo para 24 de abril de 2011, mas uma aposta: seria mais fria que a deste ano na mínima.

Autor: Alexandre Amaral de Aguiar

Publicado em 04/04/2010 11:22 - DIRETO DA METSUL

Postar um comentário

Últimas dos Blogs