terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Meteorologista explica fenômenos das tempestades

Adelita Stoebel Cachoeira Paulista/SP

Nesta época do ano tempestades são consideradas comuns pelos especialistas que reiteram: "São fenômenos que se desenvolvem rapidamente". Os institutos de pesquisas de metereologia se preocupam com isso e identificam, previamente, as regiões que serão atingidas por temporais.

Segundo o Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), a tempestade, ou tormenta, é um estado climático de curta duração caracterizado geralmente por chuva forte, trovoadas, vento e até granizo. Embora as tempestades ocorram numa escala menor do que os ciclones de latitudes médias e os furacões, podem ser muito perigosas pois produzem chuvas pesadas e enchentes repentinas. Com o avanço da tecnologia, entretanto, é possível prever quando irão acontecer. Entre os meses de outubro e abril, é grande a incidência dos chamados "tempos severos", principalmente, nas regiões sudeste, centro-oeste e norte do Brasil. A principal causa da formação dos temporais é o aquecimento da superfície da terra. Conforme as áreas são aquecidas, desenvolvem-se as zonas de convergência.

Postar um comentário

Últimas dos Blogs